Controle o seu dinheiro para que ele não controle você!

No último post  falamos sobre como não cair na cilada de ficar superendividado. A ideia hoje é nos aprofundarmos num item importantíssimo que citamos:

Faça um orçamento das suas contas: Não se sabote, você precisa ter um controle de seus ganhos e de suas despesas – nem que seja numa folha de papel!!!”

Exatamente!!!

Se você não quer que o seu dinheiro, que tanto trabalha para ganhar, não passe a dominar sua mente com preocupações e ansiedades, você precisa ter um orçamento doméstico.

Você provavelmente, se caso não tem controle sobre as suas contas, tem a sensação de não ter ideia para onde seu dinheiro foi. E isso é normal, pois quando não se tem um orçamento doméstico, na maioria das vezes, você faz gastos de maneira completamente emocional e irracional.

Muitas vezes quando o desejo de consumir algo vem na cabeça, saber se tem dinheiro para pagar é a última coisa que você se preocupa – mas é claro que vai ser a primeira coisa depois que comprou e o desejo foi embora!

Portanto, assim como as empresas comprometidas com sua própria existência fazem, você deve saber contar a história do seu próprio dinheiro, de onde ele veio, para onde ele foi.

“Se você não pode medir, você não pode gerenciar” (Peter Drucker)

Até aqui usamos duas palavras que irão nortear este artigo, orçamento e controle.

Não adianta de nada você ter um controle sobre suas contas, anotar tudo que gasta, se não prever estes gastos através de um orçamento.

Mas o que é um orçamento doméstico?

Segundo um dicionário, orçamento é o ato ou efeito de orçar. kkkkk

Agora sem brincadeiras, a segunda definição é a que importa: “avaliação ou cálculo aproximado do custo de (obra, empreendimento, serviço etc.); estimativa, cômputo”.

Ou seja, é o ato de antever o que vamos receber e gastar. E isso é uma capacidade maravilhosa que nós seres humanos temos! Em resumo, orçamento, em nosso caso, é tomar nota de tudo o que vamos receber e gastar antes de isso acontecer de fato e de maneira organizada!

Mas no que isso vai me ajudar?

Anotar tudo o que você vai ganhar e gastar no futuro vai te ajudar a tomar melhores decisões de maneira racional e não emocional, vai te ajudar a não fazer compras por impulso, vai te ajudar a mostrar o quanto de dinheiro desperdiça com coisas irrelevantes que só tomam seu tempo e energias. E e o mais importante, vai te ajudar a controlar seu dinheiro e não ele te controlar!

Ok, ok. Mas e o controle?

Controle é acompanhar, monitorar, fiscalizar. Neste caso, é anotar tudo aquilo que você ganha e gasta no momento em que isso acontece. Você precisa adquirir o hábito anotar tudo o que entra e sai do seu bolso e de sua conta bancária.

Os motivos pelos quais isso vai te ajudar são os mesmo que listamos anteriormente!

Gerenciar. A arte de colocar o seu dinheiro no lugar certo.

De nada adianta você fazer um belo orçamento e depois controlar todos os seus gastos, se você faz isso e não toma atitude nenhuma ou não pensa numa estratégia para melhorar seu desempenho!!!

Por isso, é importante analisar estes dados de maneira periódica, semanalmente seria ótimo! Avaliando se seus ganhos cobrem as suas despesas. E caso isso não esteja acontecendo, você terá tempo para tomar uma atitude antes mesmo do mês terminar e você acabar acumulando uma dívida – ou mais uma.

Esse gerenciamento é o que trará êxito na sua trajetória de pagar suas contas de maneira correta, fazer gastos de maneira consciente e ter o controle total sobre seu dinheiro, fazendo que ele não seja uma dor de cabeça e sim uma proteção para você e sua família.

Mas como eu faço tudo isso?

Se você nunca fez isso ou tentou e logo desistiu. Seguem algumas dicas:

  • Anote tudo o que você vai ganhar e gastar: Faça essas anotações dividas por meses.
  • Liste de maneira separada cada fonte de ganho e despesa: Suponhamos que você  é funcionário de uma empresa e tenha um apartamento para aluguel. Você possui duas fontes de renda: salário + aluguel. Anote isso separadamente. No caso das despesas é a mesma coisa, e é o mais importante, pois saberá exatamente para onde seu dinheiro esta indo.
  • Analise periodicamente seu controle: Como falamos, de nada adianta ter tudo anotado e não olhar para as anotações.
  • Use o máximo possível o cartão de débito: Fazendo isso, ao invés de usar dinheiro, você poderá usar seu extrato bancário para ver se tudo foi realmente anotado.

Sabemos o quanto é difícil e trabalhoso criar algo para fazer um orçamento e controle das contas.

Como o abjetivo do blog é ajudar você ter o controle total da sua vida financeira, vamos disponibilizar uma excelente ferramenta para você começar hoje o controle do seu dinheiro.

Creio que a parte do blog foi feita. Agora VOCÊ precisa fazer a sua. Faça o download no link abaixo da planilha de orçamento e controle doméstico e comece a usá-la agora.

Caso tenha quaisquer dúvidas sobre como usar esta planilha entre em contato ou comente aqui abaixo.

#Quero te ajudar pessoalmente a montar sua organização financeira#

Dentro da planilha tem o meu contato de whatsapp pessoal!

Compartilhe com quem você acha que precisa desta excelente ferramenta e das informações deste post.

 

FAÇA O DOWNLOAD AQUI DA PLANILHA!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

5 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s